Livros x Séries

  • Acidentally On Purpuse
  • Amigas Online
  • Bones
  • Friends
  • Fringe
  • Glee
  • Gossip Girl
  • Pretty Little Liars
  • Private Practice
  • Sobrenatural
  • The Vampire Diaries
  • True blood

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Imagine you are an artist...



Faz um tempo eu tenho esse papel de parede no computador daqui de casa. É um texto do Alexander McQueen que ficava colado nos bastidores do desfile de inverno do ano passado, para as modelos olharem e se inspirarem antes de entrar na passarela. Escrito à mão e por ele. Para mim, é uma oração.
Eu penso nele sempre antes de sair de casa e me vestir. Gosto de me sentir bonita, gosto de ser olhada e , hoje em dia, não tenho mais pudores em achar que tenho algo interessante para oferecer. Longe de psicologia de almanaque, que diz que a pessoa que é muito positiva em relação a si mesma, quer se afirmar. Eu já sei quem eu sou e tenho me achado bem bacanuda. E, de verdade, acho isso muito bom.
Ao contrário do que muitos falam, gostar de si mesmo é um privilégio. Vai além do espelho. É não ter medo de ficar sozinho. É sentir que o seu trabalho talvez não seja o melhor do mundo, mas é o seu e você trata isso com muito respeito. É ter a certeza que aquela decisão importante é realmente a mais certa- doa a quem doer. Você sabe que mais cedo ou mais tarde sua recompensa virá. É não se importar com a opinião dos outros sobre a sua vida, mas se importar, sim, com o sentimento do outro. Se gostar é saber que tudo tem seu tempo e seu preço- fazer a coisa do jeito certo vale mais a pena que fazer rápido.
Alexander McQueen tem razão. Eu quero "pose at the end of the catwalk" todos os dias. Fazer da rua minha passarela. Quero ser essa mulher deslumbrante e generosa que ele descreve. Não é a garota da propaganda, é eu mesma, linda, loira e lady, como eu sempre fui.
Eu quero repetir sempre essa minha oração.

Escrito por Isa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário