Livros x Séries

  • Acidentally On Purpuse
  • Amigas Online
  • Bones
  • Friends
  • Fringe
  • Glee
  • Gossip Girl
  • Pretty Little Liars
  • Private Practice
  • Sobrenatural
  • The Vampire Diaries
  • True blood

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Divida seus segredos



O postsecret começou com um artista plástico americano, que nas suas exposições distribuía cartões postais para as pessoas colocarem algum segredo ali. Regras:
1- deveria ser algo que nunca havia sido contado para ninguém;
2- seja breve
3- seja claro
4- seja criativo
A brincadeira acabou virando uma exposição, que virou site, que agora virou livro.
Eu ganhei o livro e passei o fim de semana me emocionando com os segredos anônimos. Aí que eu, entusiasmada, fiquei pensando em todos os meus segredos e nas frases que iria colocar nos cartões postais:
- Eu odeio as pessoas quando elas não são educadas
- Quando vejo um carro ocupando duas vagas em um estacionamento lotado, penso seriamente em riscar a pintura dele
- Eu costumo ver se a pessoa é bacana pela maneira como ela trata os garçons
- Eu fico sinceramente triste em pensar que uma pessoa não tem um lar e comida em casa
- Eu gosto de jogos a dinheiro (e acharia o máximo se eu ganhasse alguma vez!)
- Quando vejo alguém maltratando um animal, tenho vontade de fazer o mesmo com essa pessoa- até que ela se arrependa muito pelo que fez.
- Eu sou uma pessoa muito moderna por fora, mas eu tenho conceitos muito antiquados (eu ia me sentir linda casando na igreja e usando um anel)
- Eu acho algumas pessoas terrivelmente cafonas- e não tenho coragem de falar isso para elas
- Eu odeio andar de salto alto, mas preciso para parecer mais alta
Nem sempre os segredos têm tanta importância assim, mas é que a gente costuma fazer de conta que somos uma outra pessoa o tempo todo- o "ser social", que precisa ser agradável sempre- e deixamos as coisas para resolver depois, até que virem grandes montros.
Eu decidi não mandar para o site, mas deixar por aqui mesmo, no meu blog, para dividir com vocês. O segredo deixou de ser anônimo e eu não estou me sentindo nenhum pouco mal por isso.

Qual o seu segredo, afinal?


by: Débora Lannes Drumond (;

Nenhum comentário:

Postar um comentário