Livros x Séries

  • Acidentally On Purpuse
  • Amigas Online
  • Bones
  • Friends
  • Fringe
  • Glee
  • Gossip Girl
  • Pretty Little Liars
  • Private Practice
  • Sobrenatural
  • The Vampire Diaries
  • True blood

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Aparelho auditivo

Um aparelho auditivo tem como finalidade ajudar as pessoas com uma perda auditiva a perceber os sons. Atualmente, graças ao desenvolvimento da tecnologia digital e a um design bastante avançado, é hoje possível encontrar aparelhos auditivos tão pequenos que podem ser colocados no fundo do canal auditivo – sem prejuízo da reprodução sonora, a qual é tão clara e cristalina, como a dos melhores reprodutores sonoros modernos.

Os ruídos de fundo sempre constituíram um dos maiores problemas dos utilizadores de aparelho auditivo. Os aparelhos digitais avançados são capazes de reduzir os ruídos e realçar os sons, que são importantes para compreender a fala. Este processo realiza-se automaticamente dentro do aparelho auditivo sem que o utilizador se aperceba disso.



O aparelho auditivo ajuda o ouvido a perceber os sons, amplifica-los e transmiti-los através do ouvido. Existem modelos retro-auriculares e intra-canais.

Um aparelho auditivo é constituído pelas seguintes partes:

1. Um microfone que capta os sons e os transforma em sinais elétricos.
2. Um amplificador que aumenta o volume sonoro.
3. Um alto-falante (em aparelhos auditivos chamado um telefone), que volta a transformar os sinais elétricos em sons.
4. Um molde que assegura que o aparelho auditivo assente bem no canal auditivo, por onde os sons são transferidos para o tímpano (aparelhos do tipo retro-auricular).
5. Um tubo de plástico que conduz o som do aparelho auditivo para o molde (aparelhos do tipo retro-auricular).

- Molde
É importante que o molde esteja colocado corretamente e seja feito de forma a assentar da maneira mais conveniente no ouvido do usuário, em parte para evitar dores e incômodos quando o molde estiver em uso, e em parte para obter a melhor função do aparelho auditivo. Uma forma apropriada do molde contribui para medir o fenômeno da realimentação acústica (assobios) e um canal de ventilação aberto pode reduzir a sensação de ter o ouvido “entupido” ou se estar a falar “dentro de uma pipa”. Um molde que não assenta bem ou que aperta porque está mal colocado, pode numa má utilização do aparelho. Se o usuário não for capaz de colocar o molde corretamente, necessita de ajuda.

O Molde deve ser trocado anualmente em caso de adultos e de seis em seis meses em caso de crianças.


- Tubo

É importante que o tubo que liga o aparelho retro-auricular ao molde tenha um comprimento correto e que esteja limpo, inteiro e flexível. Se o tubo estiver curto o utilizador terá uma sensação de esticamento desagradável no molde e o aparelho assobia; se o tubo estiver demasiado comprido, a colocação do aparelho pode ser difícil. O tubo também pode ter um cotovelo que impeça o som de sair. Tanto o molde como o tubo deverão estar ambos limpos.

O Tubo deve ser trocado de três em três meses ou quando estiver ressecado.

- Colocação do molde no ouvido
A proteção ou o arco deve estar virado para trás – o tubo deve ser empurrado para cima – segura-se no arco ou na ficha e coloca-se o molde. O molde deve ser colocado de trás e ao invés. Para o assistente, o mais fácil é ficar atrás do utilizador. Pode ajudar a puxar o ouvido um pouco para trás e para cima, a fim de dilatar e corrigir o ouvido externo. Em alguns casos, o molde assenta por si próprio no devido lugar; em outros casos será necessário aparafusá-lo. No entanto, é necessário cuidado, pois o canal auditivo pode ficar dorido ou irritado.

- Aparelho brasileiro
Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, desenvolveram o Manaus, um aparelho auditivo bem mais barato e que tem uma configuração que prolonga o tempo de uso da bateria. A expectativa é que o aparelho chegue ao mercado e reduza custos na saúde pública

Nenhum comentário:

Postar um comentário